América Retail | Homepage
Friday, July 21, 2017

La Primera Comunidad del Retail y Consumo Masivo en Latino América

Brasil: Wire, a terceira via que quer ser a alternativa ao WhatsApp e Telegram

Brasil: Wire, a terceira via que quer ser a alternativa ao WhatsApp e Telegram

Octubre 11, 2016

👤Periodista: Ruth Márques 🕔11.Oct 2016

A notícia caiu como um balde de água fria: o Facebook exploraria comercialmente os dados e as comunicações do WhatsApp e, a quem não gostou, foi mostrada amavelmente a porta de saída. Um “ou aceita ou saia”, que não agradou nada os usuários e muito menos as autoridades de alguns países da União Europeia que obrigou o gigante de Zuckerberg a cancelar essa medida. OTelegram foi o grande beneficiado por essa incerteza sobre a privacidade do usuário no WhatsApp, mas existe uma terceira alternativa que não para de ganhar usuários e que reúne o melhor desses serviços. Estamos nos referindo ao Wire.

A empresa, radicada na Suíça e cujo produto possui o mesmo nome, criou um sofisticado aplicativo de troca de mensagens que reúne o melhor do WhatsApp e Telegram (e também do Mensagens em iOS), evitando ao mesmo tempo os defeitos desses aplicativos. O WhatsApp foi criticado, sem dúvida, por sua privacidade especialmente agora que o Facebook irá explorar comercialmente as comunicações, mas também pela ausência de ligações por vídeo. O Telegram recebeu críticas por sua incapacidade de realizar ligações simples e por vídeo (o serviço preferiu focar unicamente nos chats) e, além disso, existe certa incerteza, já que esse serviço é gratuito e não prevê nenhuma forma de obtenção de ganhos no futuro. Ou seja, os gastos de manutenção são pagos exclusivamente pelo magnata russo Pavel Durov e como o próprio confirmou categoricamente ao EL PAÍS ao ser perguntado sobre o modelo de negócios do serviço: “Não existe”.

O Wire surgiu mais tarde e possivelmente com discrição, mas o aplicativo de mensagens soube aproveitar as circunstâncias multiplicando até quase por seis o número de usuários em sua Alemanha natal após o affaire do WhatsApp. E o aplicativo se mostra ao mercado com argumentos de peso. Para começar, é totalmente gratuito e, segundo seus criadores, jamais terá publicidade e comercializará os perfis e os dados dos usuários.

Fuente: http://brasil.elpais.com/brasil/2016/10/04/tecnologia/1475596285_595836.html

Articulos relacionados

Brasil: Livraria Cultura anuncia a aquisição da Fnac

Brasil: Livraria Cultura anuncia a aquisição da Fnac

Julio 20, 2017

  A Livraria Cultura comunicou ao mercado nesta quarta-feira (19) a aquisição da Fnac Darty no

Brasil: Carrefour fija en 15 reales por acción su precio de salida a bolsa en Brasil

Brasil: Carrefour fija en 15 reales por acción su precio de salida a bolsa en Brasil

Julio 19, 2017

  El gigante francés de la distribución Carrefour fijó este miércoles en 15 reales (unos 4.7

Brasil: ¿Cómo se explica la popularidad de las Havaianas?

Brasil: ¿Cómo se explica la popularidad de las Havaianas?

Julio 19, 2017

  Cada día se venden más de medio millón de Havaianas y, cada año, unos 200

Brasil: Empresas inadimplentes chegam a 5,1 milhões

Brasil: Empresas inadimplentes chegam a 5,1 milhões

Julio 18, 2017

  Levantamento realizado pela Serasa Experian e divulgado nesta segunda-feira (17) apurou que no País 5,1

Brasil: Outback oferece chopp de graça em todo o Brasil

Brasil: Outback oferece chopp de graça em todo o Brasil

Julio 17, 2017

  A rede Outback Steakhouse preparou uma supresa para celebrar o Dia do Amigo, que acontece no próximo

Últimas Noticias

SECTIONS

América Retail