América Retail | Homepage
Saturday, January 21, 2017

La primera comunidad del retail en Latinoamérica

Brasil: Wire, a terceira via que quer ser a alternativa ao WhatsApp e Telegram

Brasil: Wire, a terceira via que quer ser a alternativa ao WhatsApp e Telegram

octubre 11, 2016

👤Periodista: Ruth Márques 🕔11.Oct 2016

A notícia caiu como um balde de água fria: o Facebook exploraria comercialmente os dados e as comunicações do WhatsApp e, a quem não gostou, foi mostrada amavelmente a porta de saída. Um “ou aceita ou saia”, que não agradou nada os usuários e muito menos as autoridades de alguns países da União Europeia que obrigou o gigante de Zuckerberg a cancelar essa medida. OTelegram foi o grande beneficiado por essa incerteza sobre a privacidade do usuário no WhatsApp, mas existe uma terceira alternativa que não para de ganhar usuários e que reúne o melhor desses serviços. Estamos nos referindo ao Wire.

A empresa, radicada na Suíça e cujo produto possui o mesmo nome, criou um sofisticado aplicativo de troca de mensagens que reúne o melhor do WhatsApp e Telegram (e também do Mensagens em iOS), evitando ao mesmo tempo os defeitos desses aplicativos. O WhatsApp foi criticado, sem dúvida, por sua privacidade especialmente agora que o Facebook irá explorar comercialmente as comunicações, mas também pela ausência de ligações por vídeo. O Telegram recebeu críticas por sua incapacidade de realizar ligações simples e por vídeo (o serviço preferiu focar unicamente nos chats) e, além disso, existe certa incerteza, já que esse serviço é gratuito e não prevê nenhuma forma de obtenção de ganhos no futuro. Ou seja, os gastos de manutenção são pagos exclusivamente pelo magnata russo Pavel Durov e como o próprio confirmou categoricamente ao EL PAÍS ao ser perguntado sobre o modelo de negócios do serviço: “Não existe”.

O Wire surgiu mais tarde e possivelmente com discrição, mas o aplicativo de mensagens soube aproveitar as circunstâncias multiplicando até quase por seis o número de usuários em sua Alemanha natal após o affaire do WhatsApp. E o aplicativo se mostra ao mercado com argumentos de peso. Para começar, é totalmente gratuito e, segundo seus criadores, jamais terá publicidade e comercializará os perfis e os dados dos usuários.

Fuente: http://brasil.elpais.com/brasil/2016/10/04/tecnologia/1475596285_595836.html

Articulos relacionados

Brasil: Los ingresos de Carrefour bajan un 0,7% en 2016

Brasil: Los ingresos de Carrefour bajan un 0,7% en 2016

enero 20, 2017

  La cadena de distribución Carrefour facturó 85.700 millones de euros el pasado ejercicio, una caída

Brasil: Uber é uma das empresas mais reclamadas do País

Brasil: Uber é uma das empresas mais reclamadas do País

enero 19, 2017

  Desde que chegou ao Brasil em meados de 2014, a Uber sempre teve destaque entre

Brasil: Coca-Cola abrirá 2 mil empregos em fábrica na Baixada

Brasil: Coca-Cola abrirá 2 mil empregos em fábrica na Baixada

enero 19, 2017

  A Coca-Cola aposta no Brasil e anunciou ontem investimentos de R$3,2 bilhões este ano. Esse

Brasil: Como as marcas de sucesso usam o design para alavancar as vendas

Brasil: Como as marcas de sucesso usam o design para alavancar as vendas

enero 17, 2017

  O sucesso de um negócio está atrelado a uma série de questões que devem receber a

Brasil: Descontos que passam de 70% na lista do material escolar

Brasil: Descontos que passam de 70% na lista do material escolar

enero 16, 2017

  As atenções dos pais e responsáveis durante este mês, estão voltadas os gastos com a

Últimas Noticias

Brasil: Brasil em alta?
diciembre 19, 2016

Brasil: Venda mais no Natal
diciembre 19, 2016

Newsletter

SECTIONS

América Retail