América Retail | Homepage
Saturday, February 25, 2017

La primera comunidad del retail en Latinoamérica

Brasil: Units da Via Varejo disparam com possível interesse de Falabella, Steinhoff e Lojas Americanas

Brasil: Units da Via Varejo disparam com possível interesse de Falabella, Steinhoff e Lojas Americanas

Noviembre 25, 2016

👤Periodista: María Alejandra Lopez 🕔25.Nov 2016

 

As units da Via Varejo disparam mais de 10 por cento nesta quinta-feira, após notícia de que três empresas manifestaram interesse em adquirir o controle da varejista de móveis e eletroeletrônicos.

SACI Falabella, Steinhoff International Holdings e Lojas Americanas estariam entre os interessados na Via Varejo, de acordo com o jornal Valor Econômico.

Citando fontes com conhecimento do assunto, o jornal informa que o Grupo Pão de Açúcar, atual controlador da Via Varejo, teria recebido do Santander Brasil uma lista de potenciais interessados.

Na noite de quinta-feira, o conselho de administração do GPA autorizou o início do processo para venda de sua fatia de 43,3 por cento na Via Varejo.

Para o Credit Suisse, a notícia não é surpresa, uma vez que o GPA já havia anunciado no começo de novembro que considerava alternativas para sua participação na Via Varejo.

“Contudo, acreditamos que a divulgação desse fato adicional indica que entre 3 novembro e agora a empresa pode ter recebido algumas indicações preliminares de interesse”, escreveram analistas do banco suíço em nota.

Leia Também: Petshops, ingressos, alimentos; veja as ações das redes para a Black Friday

Às 12:25, as units da Via Varejo subiam 12 por cento, a 9,25 reais, acumulando valorização de quase 182 por cento até agora neste ano.

Já os papéis preferenciais do Grupo Pão de Açúcar avançavam 4,4 por cento, a 56,80 reais, registrando o terceiro pregão consecutivo de alta.

Procurada, a chilena Falabella disse que não comenta rumores ou especulações.

“A empresa está focada em continuar a desenvolver sua presença no Brasil com a abertura de lojas Sodimac e a melhora da Dicico como uma rede especializada”, disse um representante de imprensa em comunicado enviado por email à Reuters.

Executivos e representantes da sul-africana Steinhoff não estavam imediatamente disponíveis para comentar o assunto. Lojas Americanas e Via Varejo, por sua vez, não quiseram comentar.

Maior grupo varejista do país, o GPA quer se desfazer do investimento na Via Varejo para focar em varejo alimentar. A empresa, dona da marca de supermercados Pão de Açúcar, reportou no terceiro trimestre um prejuízo maior que o esperado devido, em parte, à queda acentuada das vendas fora do segmento alimentar.

O setor varejista de eletrônicos tem enfrentado dificuldades nos dois últimos anos, sentindo o impacto da recessão e da restrição do crédito, agravados pelo desemprego e pela alta da taxa de juro.

O grupo francês Casino Guichard Perrichon, que por sua vez controla o GPA, contratou o Santander para assessorar o acordo envolvendo a Via Varejo. Já a família Klein, que detém uma participação de 27,3 por cento no negócio, escolheu a unidade de investimentos do Bradesco para prestar o serviço.

Fonte: Extra.globo

 

Articulos relacionados

Brasil: Sem Abilio Diniz, franceses do Grupo Casino patinam e Via Varejo amarga prejuízo Fonte: Economia – iG @ http://economia.ig.com.br/2017-02-23/abilio-diniz.html

Brasil: Sem Abilio Diniz, franceses do Grupo Casino patinam e Via Varejo amarga prejuízo Fonte: Economia – iG @ http://economia.ig.com.br/2017-02-23/abilio-diniz.html

Febrero 24, 2017

  Os esforços para manter as operações da Via Varejo – holding que administra as operações

Brasil: Lojas Americanas aprova oferta primária de ações

Brasil: Lojas Americanas aprova oferta primária de ações

Febrero 23, 2017

  O Conselho de Administração da Lojas Americanas aprovou a realização da oferta pública de distribuição

Brasil: Vendas online de viagens antes do carnaval crescem 58% em 2017

Brasil: Vendas online de viagens antes do carnaval crescem 58% em 2017

Febrero 22, 2017

  As vendas online de companhias aéres e agências de viagem tiveram um salto de 58%

Brasil: Marcas brasileiras que mais se destacaram em 2016

Brasil: Marcas brasileiras que mais se destacaram em 2016

Febrero 21, 2017

  Apesar da crise financeira que predominou no ano de 2016, muitas empresas conseguiram bons resultados

Brasil: E-commerce cresce 7,4% e fatura R$ 44,4 bilhões em 2016

Brasil: E-commerce cresce 7,4% e fatura R$ 44,4 bilhões em 2016

Febrero 20, 2017

  O faturamento do e-commerce brasileiro foi de R$ 44,4 bilhões em 2016, o que representa um

Últimas Noticias

Newsletter

SECTIONS

América Retail