América Retail | Homepage
Monday, July 24, 2017

La Primera Comunidad del Retail y Consumo Masivo en Latino América

Brasil: Soma do valor de mercado das principais marcas brasileiras tem aumento de 70%

Brasil: Soma do valor de mercado das principais marcas brasileiras tem aumento de 70%

Mayo 22, 2017

Autor/Fuente: Economia-iG 👤Periodista: María Alejandra Lopez 🕔22.May 2017

 

As 60 principais marcas do Brasil, de acordo com o ranking anual Brandz Brasil somaram valor de mercado de US$ 53,1 bilhões. A classificacão é realizada pela WPP, Kantar, Kantar Vermeer e Kantar Millward Brown.

Em comparação com o último ano, houve uma recuperação de 70%, o que mostra tendência de crescimento, que havia sido observada desde 2014 e interrompida no ano passado. “Depois de mais de uma década analisando marcas na Kantar e na WPP comprovamos a importância da construção de marca para enfrentar cenários economicamente complicados”, diz Sonia Bueno CEO da Kantar.

“As marcas brasileiras que reconheceram o valor dessa premissa cresceram, em alguns casos de mais de 100% de seu valor. Isso, em conjunto, permitiu um crescimento de 70% das TOP 50 marcas em comparação ao ano passado – depois de uma queda de 30% em 2016. Esta é uma mensagem positiva que reflete a expectativa do mercado de uma recuperação do Brasil”, completa.

A Skol se manteve posicionada como a marca mais valiosa do Brasil pelo quinto ano seguido, com um valor de US$ 8,1 bilhões. Em segundo lugar vem o Bradesco, que subiu duas posições em relação ao ano passado, com um valor de US$ 4,4 bilhões e um crescimento de 131%. Para completar o Top 3 está Brahma com um valor de US$ 4,3 bilhões e um crescimento de 34%.

Neste ano, o ranking incluiu pela primeira vez empresas de capital fechado. A decisão se deu principalmente pelo fato de que em nosso mercado existem marcas deste tipo que são muito valiosas, como IKEA e Ferrero, que não poderiam ser avaliadas.

“Já havíamos inovado anteriormente em relação aos outros rankings, considerando inputs no valor de marca na mais robusta pesquisa de mercado de mais de 3 Milhões de consumidores chamada BrandZ. Agora, inovamos novamente pois consideramos as marcas que são valiosas, independente de serem ou não públicas, mantendo o rigor financeiro da metodologia”  explica Eduardo Tomiya, CEO da Kantar Vermeer na América Latina.

Com a mudança, 15 novas empresas passaram a fazer parte do ranking top 60, sendo duas delas no Top 10. Globo, com um valor de $4,1 bilhões de dólares, e Ypê, com valor de $1,1 bilhão de dólares.

As que mais cresceram

Entre as empresas que apresentaram maior crescimento, a Renner fica na primeira colocação, com uma variação de 168%. Em segundo lugar está Adria, com 159%, seguida por Anhanguera, que cresceu 138% , Itaú, que teve alta de 133%, Bradesco, com acréscimo de 131% e Droga Raia, que variou positivamente em 125%.

Leia Também: Frete grátis é vantajoso para o e-commerce? 

Os setores mais fortes do BrandZ  Brasil foram bens de consumo e serviços financeiros. A soma do valor das empresas de Bens de Consumo foi de US$ 24 bilhões em 2017, aumento de 40% na comparação com 2016. Este número equivale a quase 50% do total das companhias mais valiosas do Brasil.

O setor financeiro, por sua vez, somou US$ 10,9 bilhões – crescimento de 132% ante 2016 –, o que equivale a 21% do ranking. O terceiro setor em termos de desempenho foi o de varejo, com um valor de US$ 5,2 bilhões de dólares, o que representa um aumento 105% na comparação com o último ano.

As mais fortes

Também foram avaliadas as empresas mais fortes do País, com base no fator Brand Strength. Este conceito combina a influência da marca no processo de decisão de compra, a predisposição dos consumidores a pagar mais pelas marcas e a predisposição do consumidor a comprar mais para chegar aos resultados. Esta classificação também inclui empresas internacionais.

Dessa forma, o Google com 100 pontos, alcançando o primeiro lugar pelo segundo ano seguido. O Facebook vem na sequência com 98.4, seguido por Omo, que fez 93.9 pontos, e Trident, com 85.3 pontos.

“Os investidores valorizam as empresas com base  nas percepctivas futuras do negócio e do mercado. Este mercado projeta, com base em evidências, que estamos de fato saindo da crise, e mostram mais uma vez que marcas valiosas saem mais rápido dessa situação– e são um verdadeiro escudo contra crises. É um prêmio para as empresas que souberam acreditar no propósito e no valor das suas marcas que com credibilidade e inovação fogem de mercados commoditizados e agregam um substancial valor aos acionistas” diz o CEO da Kantar Vermeer para América Latina

Histórico e metodologia do ranking

As avaliações das empresas que fazem parte do BrandZ Brazilian Top 60 foi realizada pela consultoria Kantar Vermeer, uma consultoria de valorização e estratégia de marca líder no Brasil, por meio da metodologia do BrandZ. A metodologia é similar à que foi utilizada para calcular o ranking BrandZ Top 100 Most Valuable Global Brands anual, que está agora em seu décimo ano.

Este ranking apresenta uma proposta única no mercado. Para a conclusão das avaliações, foram utilizados dados financeiros da Bloomberg e da Kantar Millward Brown com opiniões de consumidores obtidas em 1.000 entrevistas com mais de 54.000 consumidores latino-americanos em 34 categorias, o BrandZ Top 60 Most Valuable Brazilian Brands é a classificação mais robusta disponível das companhias brasileiras.

Existem alguns critérios que qualificam às empresas a serem inclusas no ranking. Entre as exigências está, por exemplo, a necessidade de reportar ganhos positivos e de ser caracterizada como uma marca brasileira local, ou seja, originária do Brasil ou que tenha proporção relevante de sua empresa no País.

As classificações da BrandZ são as únicas avaliações do mundo que levam em conta o que as pessoas pensam sobre a marca que compra, além da análise rigorosa de dados financeiros, avaliações de mercado, relatórios de analistas, e perfis de risco. A percepção do consumidor de uma marca é um dado chave na determinação de valor da mesma, porque elas são uma combinação de desempenho de negócios, entrega de produtos, clareza de posicionamento, e liderança.

A visaão que o consumidor tem em relação às marcas é usada para determinar a contribuição da marca, que mede a influência somente da marca no valor financeiro em uma escala de 1 a 5 (sendo 5 a mais alta). É uma avaliação da associação de uma marca na mente dos consumidores para promover vendas, predispondo os consumidores a escolherem a marca ou pagarem mais por ela.

 Fonte: Economia – iG 

Articulos relacionados

Brasil: Twitter permite venda de cerveja em sua plataforma

Brasil: Twitter permite venda de cerveja em sua plataforma

Julio 21, 2017

  Nada mais cômodo do que pedir para entregar cerveja em casa, não é mesmo? E

Brasil: Livraria Cultura anuncia a aquisição da Fnac

Brasil: Livraria Cultura anuncia a aquisição da Fnac

Julio 20, 2017

  A Livraria Cultura comunicou ao mercado nesta quarta-feira (19) a aquisição da Fnac Darty no

Brasil: Carrefour fija en 15 reales por acción su precio de salida a bolsa en Brasil

Brasil: Carrefour fija en 15 reales por acción su precio de salida a bolsa en Brasil

Julio 19, 2017

  El gigante francés de la distribución Carrefour fijó este miércoles en 15 reales (unos 4.7

Brasil: ¿Cómo se explica la popularidad de las Havaianas?

Brasil: ¿Cómo se explica la popularidad de las Havaianas?

Julio 19, 2017

  Cada día se venden más de medio millón de Havaianas y, cada año, unos 200

Brasil: Empresas inadimplentes chegam a 5,1 milhões

Brasil: Empresas inadimplentes chegam a 5,1 milhões

Julio 18, 2017

  Levantamento realizado pela Serasa Experian e divulgado nesta segunda-feira (17) apurou que no País 5,1

Últimas Noticias

SECTIONS

América Retail