América Retail | Homepage
Sunday, June 25, 2017

La primera comunidad del retail en Latinoamérica

Brasil: Empreendedores criam rede de lojas de moda evangélica e projetam faturar R$ 7mi

Brasil: Empreendedores criam rede de lojas de moda evangélica e projetam faturar R$ 7mi

Noviembre 18, 2016

👤Periodista: María Alejandra Lopez 🕔18.Nov 2016

 

Cada vez mais presente no País os evangélicos hoje representam 22,3% da população, ou seja, somam mais de 42 milhões segundo o Censo 2010, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Com bom poder de compra e cada vez mais sedentos por produtos que acompanhem suas crenças religiosas, eles têm chamado a atenção de empreendedores pelo País. De moda evangélica a editoras de livros, o mercado é promissor e não para de crescer.

Com hábitos de consumo que não fogem do padrão do brasileiro, hoje cerca de 73% dos evangélicos compram um livro ao mês, frequentam restaurantes pelo menos uma vez na semana, e claro, para consumo mais específicos como moda evangélica e música, por exemplo, sentem falta de operações para atender suas demandas.

E a demanda é crescente, já que estimativa da Associação Brasileira de Empresas e Profissionais Evangélicos (Abrepe) é que esse nicho cresce 14% ao ano e movimenta mais R$ 21,5 bilhões no País.  E foi justamente por sentir falta de lojas com roupas específicas e que sigam as normas de vestimentas dos evangélicos que o casal de empreendedores Renan Santos e Simone Carvalho fundaram, em janeiro de 2015, a Saia Bella.

Leia Também: Zamboni se reúne com empresários do ramo alimentício no centro do Rio

“Eu e minha esposa percebemos que havia uma escassez de estabelecimentos focados no segmento. E como somos da Congregação Cristã que é muito tradicional, temos que seguir uma série de regras religiosas e algumas são referentes às roupas que as mulheres devem usar”, disse Santos em entrevista ao Brasil Econômico.

Focada em moda feminina, já que a ideia da loja surgiu devido à dificuldade de Simone em encontrar roupas que fosse de acordo as normas da Congregação Cristã, hoje ela atende mulheres de 20 a 45 anos, das classes A, B e C e tem projeto de ampliar a rede de franquias ainda este ano.

A demanda pela moda evangélica foi tamanha que, mesmo em pouco menos de dois anos no mercado de vestuário a Saia Bella conta com duas lojas – em Guarulhos e Alphaville – a operação on-line e já oferece aos empreendedores interessados nesse mercado em potencial o formato Personalitté. “Nessa modalidade, o franqueado pode vender roupas no estilo porta a porta. Já temos sete franqueadas nesse formato”, enfatizou Santos.

Exclusividade no atendimento

Ainda segundo o sócio – fundador da Saia Bella, Renan Santos, as mulheres evangélicas querem exclusividade na hora de comprar suas roupas e acessórios e isso mostra que investir no mercado de moda evangélica pode render bastante aos investidores, em especial os que já conhecem o segmento de venda direta, conhecido como porta a porta. “Nossas consumidores preferem fazer suas compras em um único local com este segmento”, enfatizou o empresário.

Leia TambémComércio carioca antecipa Black Friday

A indústria têxtil no País não está preparada para atender os mais de 42,3 milhões de evangélicos e encontrar fornecedores foi o maior entrave dos empreendedores Simone e Renan. “São poucos fornecedores no mercado, o que nos levou a começar a produção própria visando custo versus qualidade”, disse ele.

O empresário não abriu o quanto investiu para lançar a marca de moda evangélica, mas ao operar no franchising, estima que a rede Saia Bella tenha faturamento de R$ 7 milhões e já está de olho em outros Estados para levar a rede. “Não há limites para crescer, pois nossos produtos se adequam a todas as mulheres que apreciam se vestir de maneira feminina e moderna. E já estamos de olho no Nordeste”, concluiu ele.

Fonte: Brasil Economico 

Articulos relacionados

Brasil: Carne fresca brasileira está proibida nos Estados Unidos

Brasil: Carne fresca brasileira está proibida nos Estados Unidos

Junio 23, 2017

  Todas as importações de carne fresca do Brasil foram suspensas nos Estados Unidos. Essa foi

Brasil: Golpe usa o nome do Uber e atrai consumidor com desconto de R$ 100

Brasil: Golpe usa o nome do Uber e atrai consumidor com desconto de R$ 100

Junio 22, 2017

  A crise econômica faz com que o consumidor procure formas de economizar e uma delas

Brasil: Feira de franquias da ABF começa nesta quarta-feira
Junio 21, 2017

  A 26ª ABF Franchising Expo, maior evento voltado para franquias em toda a América Latina, terá

Brasil: Burguer King dará coroa de presente a consumidor durante a Parada Gay

Brasil: Burguer King dará coroa de presente a consumidor durante a Parada Gay

Junio 20, 2017

  Em mais uma ação de marketing que ressalta a importância da igualdade e respeito de

Brasil: Lojas Renner tocando los talones de Macy’s

Brasil: Lojas Renner tocando los talones de Macy’s

Junio 19, 2017

  Sin hacer alarde, la brasileña Lojas Renner ya es casi del tamaño de Macy’s, una

Últimas Noticias

Newsletter

SECTIONS

América Retail