América Retail | Homepage
Sunday, June 25, 2017

La primera comunidad del retail en Latinoamérica

Brasil: E-commerce impulsiona exportações de PMEs brasileiras

Brasil: E-commerce impulsiona exportações de PMEs brasileiras

Marzo 6, 2017

Autor/Fuente: Economia-iG 👤Periodista: María Alejandra Lopez 🕔06.Mar 2017

 

As vendas das pequenas e médias empresas do Brasil vêm sendo impactadas positivamente pelo crescimento do e-commerce e as novas tecnologias, assim como a forma de consumo também está sendo alterada. Segundo um estudo encomendado pela FedEx Express, considerando apenas os PMEs brasileiros que exportam seus produtos, 89% dos empresários fazem essas vendas por meio da internet.

Dessa maneira, as transações corresponderam, em média, por R$ 3,5 milhões (US$ 1,11 milhão) no faturamento registrado entre setembro de 2015 e 2016 – valor que representa 33% do faturamento das PMEs em 2015. A média nacional de receita total foi de R$ 10,4 milhões e está acima da média global encontrada na pesquisa (26%).

O levantamento também aponta que, entre as companhias que atuam no comércio eletrônico, 81% também possuem canais de vendas por celular ou dispositivos móveis, seja com um site responsivo ou um aplicativo próprio, e 86% delas usam as redes sociais como plataforma comercial. Do faturamento médio de R$ 3,5 milhões gerados por exportações via e-commerce, as vendas por celular e plataformas de redes sociais foram responsáveis por 29% e 30%, respectivamente.

Leia Também: Polícia investiga morte de garoto em rede de fast-food de São Paulo

“No Brasil, as PMEs estão mais atentas às novas tecnologias do que a média global de 80%, com uma adesão de 89%”, diz Denise Thomazotti, gerente de Marketing da FedEx no Brasil. “Estes dados mostram que os pequenos e médios empresários brasileiros se preocupam em atender às novas expectativas dos consumidores e o faturamento gerado nos últimos doze meses reflete o sucesso da aposta no e-commerce, m-commerce e transações nas redes sociais – já representando um terço dos resultados”.

Entre as principais áreas de atuação das pequenas e médias empresas brasileiras exportadoras, o setor de Produtos Manufaturados lidera a lista, com 13% das vendas. Na sequência estão Tecnologia de Informação e Telecomunicações, com 12%, e Bens de Consumo, que registrou 11% do total.

Desempenho

A pesquisa também identificou um aumento médio nas exportações. No total, 27% dos entrevistados disseram ter registrado crescimento médio de 33% entre setembro de 2015 e setembro de 2016, enquanto 51% afirmaram ter mantido a estabilidade e outros 22% perceberam uma queda média de 27%.

Os principais motivos para o crescimento destas PMEs foram novos produtos no mercado (51%), o câmbio favorável à empresa (41%) e expansão em novos países/mercados (36%). Já as principais razões para a diminuição foram: aumento dos custos de produção (49%), aumento nos custos de transporte (43%) e câmbio desfavorável à empresa (36%).

Fonte: Economia – iG 

Articulos relacionados

Brasil: Carne fresca brasileira está proibida nos Estados Unidos

Brasil: Carne fresca brasileira está proibida nos Estados Unidos

Junio 23, 2017

  Todas as importações de carne fresca do Brasil foram suspensas nos Estados Unidos. Essa foi

Brasil: Golpe usa o nome do Uber e atrai consumidor com desconto de R$ 100

Brasil: Golpe usa o nome do Uber e atrai consumidor com desconto de R$ 100

Junio 22, 2017

  A crise econômica faz com que o consumidor procure formas de economizar e uma delas

Brasil: Feira de franquias da ABF começa nesta quarta-feira
Junio 21, 2017

  A 26ª ABF Franchising Expo, maior evento voltado para franquias em toda a América Latina, terá

Brasil: Burguer King dará coroa de presente a consumidor durante a Parada Gay

Brasil: Burguer King dará coroa de presente a consumidor durante a Parada Gay

Junio 20, 2017

  Em mais uma ação de marketing que ressalta a importância da igualdade e respeito de

Brasil: Lojas Renner tocando los talones de Macy’s

Brasil: Lojas Renner tocando los talones de Macy’s

Junio 19, 2017

  Sin hacer alarde, la brasileña Lojas Renner ya es casi del tamaño de Macy’s, una

Últimas Noticias

Newsletter

SECTIONS

América Retail