América Retail | Homepage
Sunday, June 25, 2017

La primera comunidad del retail en Latinoamérica

Brasil: Dinheiro ressurge como alternativa aos pagamentos eletrônicos

Brasil: Dinheiro ressurge como alternativa aos pagamentos eletrônicos

Febrero 10, 2017

Autor/Fuente: Dialetto 👤Periodista: María Alejandra Lopez 🕔10.Feb 2017

 

Alguns diziam que o pagamento em dinheiro era uma forma quase morta de transação e que seria encerrado em breve, ainda mais com a iniciativa de fintechs que desburocratizaram a maneira como lidamos com os bancos e seus cartões. Há alguns anos, a aposta era o bitcoin, a chamada moeda virtual. Diziam que as cédulas e as moedas seriam substituídas, em um futuro próximo, por tecnologias desse tipo. Contrariando a previsão de muitos especialistas e consumidores, os pagamentos em dinheiro não só se mantêm como uma forma muito utilizada atualmente, como podem ganhar mais adeptos nos próximos meses aqui no Brasil. Vide iniciativas como o Uber, que apesar de totalmente digitais, já incluem o papel moeda e os “níqueis” como alternativas possíveis.

 

Isso porque o Governo Federal anunciou a medida provisória 764/2016, que permite que sejam oferecidos descontos para quem pagar em dinheiro. A tendência é que as cédulas ganhem ainda mais destaque nas transações financeiras brasileiras. Não que o dinheiro fosse subjugado anteriormente: o Banco Central estima que, em 2015, 42% dos pagamentos foram feitos com cartões de débito e crédito, o que equivale a um total de R$ 1 trilhão. No mesmo período, os brasileiros sacaram R$ 1,3 trilhão nos caixas eletrônicos.

Leia Também: Mais de 11.950 empresas fecharam em 2016 no estado do Rio

A valorização do dinheiro em espécie também ocorre em países mais desenvolvidos que o Brasil. De acordo com um estudo divulgado pela Bloomberg, agência de notícias financeiras, países como a Austrália, Áustria, Canadá, França, Alemanha, Holanda e EUA ainda utilizam muito mais cédulas e moedas do que outras forma de pagamento. Ele ainda é o preferido dos alemães e austríacos, principalmente em transações menores. Em cinco dos sete países analisados, os consumidores carregam pelo menos o equivalente a US$ 30.

 

A medida brasileira, que ainda enfrenta resistência dos órgãos de proteção ao consumidor, busca eliminar uma taxa paga ao intermediário no comércio: as operadoras de cartão de crédito, que acabam retendo um percentual por transação e têm até 30 dias para repassar o valor ao lojista. Mas, para que os empresários possam oferecer esse desconto para todas as formas de pagamentos, é necessário contar com ferramentas para suportar o recebimento tanto por depósito como por transferências. Assim, a medida que procura facilitar e melhorar a taxa de lucro nos negócios brasileiros pode confundir, ainda mais, empreendedores e consumidores.
No fim, não podemos nos ater tanto à tradição. Mesmo se tratando de uma forma de pagamento tão antiga, é sempre essencial que os empresários contem com o auxílio das soluções já disponíveis no mercado e que comportam todos os meios de pagamento. A tecnologia sempre evolui conforme as necessidades das pessoas. Hoje, a realidade é o retorno das cédulas e moedas nas transações, mas os empresários e os consumidores precisam se preparar para os outros cenários possíveis. Ninguém sabe o que vem no futuro. Talvez as bitcoins realmente se destaquem nos próximos anos, talvez não. O importante é sempre contar com uma ajuda para manter-se atualizado nas tendências e oferecer, ou usar, a melhor alternativa para o bolso do seu cliente. Este cenário está em constante evolução, e o que muda é aquela velha pergunta: vai pagar no crédito ou no débito? Muita gente vai começar a dizer: “em dinheiro”.

 

 

Articulos relacionados

Brasil: Carne fresca brasileira está proibida nos Estados Unidos

Brasil: Carne fresca brasileira está proibida nos Estados Unidos

Junio 23, 2017

  Todas as importações de carne fresca do Brasil foram suspensas nos Estados Unidos. Essa foi

Brasil: Golpe usa o nome do Uber e atrai consumidor com desconto de R$ 100

Brasil: Golpe usa o nome do Uber e atrai consumidor com desconto de R$ 100

Junio 22, 2017

  A crise econômica faz com que o consumidor procure formas de economizar e uma delas

Brasil: Feira de franquias da ABF começa nesta quarta-feira
Junio 21, 2017

  A 26ª ABF Franchising Expo, maior evento voltado para franquias em toda a América Latina, terá

Brasil: Burguer King dará coroa de presente a consumidor durante a Parada Gay

Brasil: Burguer King dará coroa de presente a consumidor durante a Parada Gay

Junio 20, 2017

  Em mais uma ação de marketing que ressalta a importância da igualdade e respeito de

Brasil: Lojas Renner tocando los talones de Macy’s

Brasil: Lojas Renner tocando los talones de Macy’s

Junio 19, 2017

  Sin hacer alarde, la brasileña Lojas Renner ya es casi del tamaño de Macy’s, una

Últimas Noticias

Newsletter

SECTIONS

América Retail